ARTIGOS E NOTÍCIAS

As eleições brasileiras estão chegando e, mesmo que o cidadão resida no exterior, o voto é obrigatório


Os brasileiros residentes no exterior também devem cumprir suas obrigações eleitorais, realizando o alistamento e o exercício do voto nas eleições para presidente e vice-presidente da República. O voto é obrigatório para os cidadãos brasileiros alfabetizados maiores de 18 e menores de 70 anos, e facultativo para quem está com idade entre 16 e 18 anos, para os maiores de 70 anos e para as pessoas não alfabetizadas. 

Eleições no exterior são organizadas pela Justiça Eleitoral em Brasília-DF/Brasil e realizadas em outros países com o apoio dos Consulados e Embaixadas brasileiros. O Código Eleitoral prevê como condição para a criação de mesas de votação no exterior o número mínimo de 30 eleitores. As seções eleitorais funcionarão, preferencialmente, nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais em que existam serviços do governo brasileiro. Excepcionalmente, o Tribunal Superior Eleitoral poderá autorizar a abertura de seção eleitoral fora desses locais. A cada eleição é necessário verificar onde as seções serão instaladas. 

O primeiro e o segundo turnos de votação no exterior ocorrerão em 2018 nos dias 07 de outubro, no primeiro, e em 28 de outubro, se houver segundo turno. O horário é de 8h às 17h, de acordo com o horário local. Não chegue atrasado para não perder a oportunidade de votar, às 17h em ponto serão distribuídas senhas para os que aguardarem em fila, se houver, ou será encerrada a votação se não  houver eleitor aguardando para votar. A votação não é interrompida durante o dia inteiro, nem mesmo para almoço, haverá sempre mesários disponíveis para acolher os eleitores. 

Somente será admitido a votar o eleitor cujo nome conste do caderno de votação da seção eleitoral. Se tiver dúvidas a respeito de sua seção eleitoral, procure o Administrador de Local para a verificação nas listas de cada seção. 

Não é possível realizar justificativa eleitoral no dia da eleição nas Mesas Receptoras de Votos no exterior. A Justificativa para quem estiver fora do seu domicílio eleitoral nas eleições se dará em até 60 dias após cada turno pelo Sistema Justifica (www.tre-df.jus.br) para os eleitores que tem título do exterior, ou seja, eleitores que já transferiram o título para o exterior não precisam enviar documentos fisicamente pelos correios. Já no caso dos eleitores que tem título domiciliado no Brasil, a Justificativa deverá ser encaminhada pelo eleitor por serviço postal ao seu cartório de origem (no Brasil). Os formulários de Justificativa para encaminhamento aos Cartórios do Brasil podem ser impressos no site http://www.tre-df.jus.br/eleitor/eleitor-no-exterior/eleitor-no-exterior .

Os eleitores terão que votar em seis candidatos para os cinco cargos em disputa nas Eleições 2018, na seguinte ordem: deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores, governador e presidente da República.

Para mais informações, a zona eleitoral que atende os eleitores e brasileiros residentes no exterior é a seguinte:

Zona Eleitoral do Exterior - ZZ

ENDEREÇO: SHIS Qi 13  Lt i - Lago Sul - CEP 71.635-181

TELEFONE: (61) 3048-1770

E-MAIL: ze1zz@tre-df.gov.br 

 

http://www.tre-df.jus.br/eleitor/eleitor-no-exterior/eleitor-no-exterior

http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/eleitor-no-exterior/servicos-eleitorais-no-exterior

 



ATENDEMOS TODO O BRASIL!

Assessoria completa para a emissão do seu passaporte com conforto e tranquilidade.

Subir